A trajetória de Natalia da Silva Tung na King!

A suzanense Natalia da Silva Tung, 33, casada e mãe da adolescente Agatha, conta sua trajetória na King Contabilidade.

 

A colaboradora Natalia comenta que no ano de 2005 concluiu o ensino médio, mas com a chegada da Agatha, sua filha, não deu continuidade aos estudos, priorizando a maternidade. Em 2018 decidiu iniciar sua graduação em Ciências Contábeis na UNICSUL.

 

Estou muito orgulhosa, afinal, este ano consagro uma grande realização, a graduação em Ciências Contábeis”.

 

Outro fato que não poderia deixar de ser ressaltado é a busca pelo conhecimento, Tung relata diversos cursos de especialização: Auxiliar de Escrita Fiscal, Assistente Fiscal, Analista Fiscal, Coordenador/Consultor Tributário, Tributação Internacional, Planejamento Tributário, Substituição Tributária, entre muitos outros. Ela cita a famosa frase de John Kenndey: “Quanto mais aumenta nosso conhecimento, mais evidente fica nossa ignorância”. Portanto, é necessário buscar o conhecimento de forma contínua.

 

Em abril de 2010 iniciou a sua trajetória na King, ingressando no cargo de Auxiliar de Escrita Fiscal, permanecendo durante 2 anos neste cargo. Em 2012 assumiu a função de Assistente Fiscal, e 2014 assumiu a função de Analista Fiscal, seu cargo atual.

 

Meu sentimento é único, “Gratidão” pelas pessoas que passaram pela minha trajetória e contribuíram para minha evolução profissional, destaco Josefina Nascimento, ex gerente do departamento fiscal e pessoa responsável pela minha contratação. Nosso grande mentor Hatiro Shimomoto, e claro Patricia Nobre, atual gerente, o próprio nome já diz tudo, “Nobre”, é assim que nossa gerente nos direciona diariamente com generosidade”, relata Natalia Tung.

 

Já com relação à pandemia, comenta que o maior desafio enfrentado por grande parte das pessoas foi a questão emocional. Para amenizar o impacto ela conta: “Aqui em casa minha família foi contemplada com a SKYE, nossa filha de 4 patas, que nos trouxe muita alegria e serenidade”.

 

E como de costume indagamos qual seu hobby, momento de descobrimos uma roqueira nata, afinal seu estilo musical justifica sua personalidade forte e marcante. Cita um verso da música Primeiros Erros, de Kiko Zambianchi, regravada pela banda Capital Inicial: “Meu destino não é de ninguém e eu não deixo os meus passos no chão”…

 

E o Futuro?

 

“Vejo o futuro como uma longa escada, cada dia alcanço um degrau de forma consciente. Evolução e aprendizado são os alicerces da minha vida profissional”.

Natalia da Silva Tung