De acordo com o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) 33% do faturamento empresarial é dirigido ao pagamento de tributos e somente o ônus do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro das empresas devem corresponder a 51% do lucro líquido. Por mais que seja uma das mais importantes, a área fiscal das empresas ainda é negligenciada, com planejamentos não sendo feitos com frequência e de forma incorreta, seja pela falta de conhecimento em o quão essencial o planejamento tributário é, colocando-o em segundo plano.

 O que é o Planejamento Tributário?

O planejamento tributário é a gestão responsável pelo pagamento de tributos, com estudos estratégicos de como reduzir licitamente a carga tributária que incide sobre a empresa, além de suas obrigações fiscais. O contribuinte tem como estruturar seu negócio da melhor maneira possível, diminuindo custos de seu negócio, incluindo de impostos. Com o aumento constante da carga tributária no Brasil, um planejamento tributário se faz imprescindível.

O objetivo do planejamento tributário é diminuir as despesas dentro da empresa. Reduzir a elisão fiscal, que basicamente é reduzir números de tributos pagos e valores que incidem a empresa. Com um planejamento tributário é possível evitar a incidência dos impostos, aproveitando a regra de isenção de impostos, reduzir valores totais a serem recolhidos, podendo-se aproveitar de políticas de incentivo que possam possibilitar a redução das alíquotas e, por incrível que pareça, retardar o pagamento, existem ações permitem que o contribuinte possa atrasar o pagamento de tributos sem que seja multado.

Como funciona o planejamento tributário?

O planejamento tributário tem grande presença em qualquer empresa, independentemente do porte, iremos destacar em quais situações a gestão de planejamento tributário age de acordo com cada situação.

Planejamento Tributário Operacional: Refere-se a procedimentos que já estão prescrito pelas normas ou costume, podendo ser em relação à forma de tributação das operações ou da forma de contabilizar determinada ocorrência

Planejamento Tributário Estratégico: refere-se à mudança de algumas características estratégicas da empresa, como: estrutura de capital, localização geográfica, contratação de mão de obra, terceirização de determinadas operações e etc.

Planejamento Tributário Preventivo: É desenvolvido por meio de orientações e manuais de procedimentos, especialmente nas atividades de cumprimento das obrigações principais e acessórias (tecnologia que leva controle, gestão, planejamento e automação de rotinas para sua empresa contábil).

Planejamento Tributário Corretivo: É quando alguma anormalidade é detectada, então inicia-se um estudo de possíveis alternativas para correção das falhas encontradas.

Planejamento Tributário Especial: Quando um determinado fato acontece sendo capaz de impactar diretamente na operação da empresa, como: abertura de filiais, lançamento de novos produtos, processos societários de reestruturação (cisão, fusão, incorporação), aquisição ou alienação da empresa e etc.

Quais os benefícios do planejamento tributário para minha empresa?

  • Reduz gastos da empresa com tributos 

De forma totalmente lícita, a gestão de planejamento tributário pode reduzir o pagamento de impostos, além de pagá-los corretamente dentro do prazo, sem precisar lidar com multas e juros. 

  • Amplia a competitividade e lucratividade da empresa

Com a empresa pagando menos em impostos, sejam tributos apurados sobre o lucro ou faturamento bruto, será capaz de lucrar mais, já que poderá investir em melhorias e consequentemente elevando a qualidade dos serviços oferecidos aos clientes. 

  • É capaz de reduzir algumas burocracias

Como as empresas podem alterar o regime tributário, a gestão de planejamento tributário estudará quais critérios serão considerados para possibilitar que a quantidade de declarações relacionadas a impostos e contribuições feitas pela metade sejam reduzidas. Aliás, é simplificada a apuração dos impostos, podendo ser feita apenas uma vez por mês e com o cálculo unificado.

  • É possível recuperar pagamentos indevidos

Com a recuperação de tributos sendo possível rever taxas, contribuições e impostos que em algum momento foram pagos de maneira indevida, é um direito garantido a qualquer empresa, independentemente do porte. O planejamento tributário irá se certificar que a recuperação do crédito tributário esteja dentro do prazo prescricional e o tributo esteja de acordo com os valores a serem recuperados, deixando assim de gastar desnecessariamente e podendo economizar mais.

Só com a responsabilidade e assertividade do escritório de contabilidade Grupo  King você pode confiar nos cuidados tributários e fiscais que sua empresa terá.

Consulte sem custos um especialista.
Tenha uma contabilidade profissional cuidando da sua empresa.