Empresa Individual

Empresa Individual

A empresa individual pode ser entendida como empreendimentos comerciais ou empresariais em que uma única pessoa é responsável por sua administração, gestão e pelos resultados financeiros.

Nesse tipo de empresa, não há separação legal entre o patrimônio pessoal do empresário e o patrimônio da empresa, o que significa que o empresário responde ilimitadamente por dívidas contraídas no exercício da atividade empresarial, utilizando seus próprios bens pessoais para saldar essas dívidas, se necessário.

Como funciona uma empresa individual

O conceito de Empreendedor Individual abrange uma variedade de entidades, incluindo o MEI (Microempreendedor Individual), microempresas, empresas de pequeno porte e até mesmo médias e grandes empresas, contanto que sejam constituídas por um único sócio. Em todos os casos, tanto o CNPJ da empresa quanto o CPF do sócio estão sujeitos ao pagamento de impostos.

Independentemente de ser um empreendedor individual ou parte de uma sociedade, todos os empreendedores estão sujeitos a obrigações tributárias. Embora os termos “Empreendedor Individual”, “Microempreendedor Individual” e “Empresário Individual” possam parecer semelhantes, é importante entender as diferenças entre eles. Em qualquer desses casos, o titular do CNPJ está sujeito ao pagamento de impostos como pessoa jurídica, além dos impostos de pessoa física.

Empresa Individual quanto paga de imposto?

O valor de imposto que uma Empresa Individual (EI) paga depende de vários fatores, como o regime tributário escolhido, o seu faturamento anual e o tipo de atividade exercida.

Simples Nacional: É o regime mais comum para EIs, pois oferece um sistema simplificado de pagamento de impostos. No Simples Nacional, a EI paga todos os seus impostos em uma única guia (DAS), com alíquotas que variam de 4% a 30% sobre o faturamento.

Lucro Presumido: Nesse regime, o imposto é calculado sobre uma presunção de lucro, o qual é uma porcentagem do faturamento da empresa. As alíquotas de imposto variam conforme a atividade da empresa.

Lucro Real: Esse regime é mais complexo e exige a escrituração contábil completa da empresa. O imposto é calculado sobre o lucro líquido da empresa, que é a diferença entre a receita e as despesas.

Atividades permitidas para ser um Empresário Individual

As atividades permitidas para uma Empresa Individual (EI) são praticamente todas as atividades econômicas lícitas, possíveis e determinadas, ou seja, que sejam claras e precisas. Isso significa que a EI pode ser aberta para atuar em diversos setores, como: indústria, na produção de bens e produtos; comércio, compra e venda de produtos e

prestação de serviços, como serviços de consultoria, contabilidade, marketing, etc.

É importante verificar a legislação específica de cada setor e, se necessário, obter licenças, autorizações ou registros adicionais para operar legalmente. Além disso, é sempre recomendável consultar um contador para garantir o cumprimento de todas as obrigações legais e fiscais relacionadas à atividade empresarial.