O que é Carnê-Leão? Como Funciona? Como Preencher? Aprenda Agora!

O que é Carnê-Leão?

O que é Carnê-Leão? Como Funciona? Como Preencher? Aprenda Agora!

É bem possível que você queira lembrar o que é carnê-leão ou tenha ouvido essa palavra há pouco tempo, não é mesmo?

Já sabendo disso, decidi criar esse post, especialmente para você!

E, é por isso que o artigo de hoje visa te ensinar o que é carnê-leão, como funciona e como preenchê-lo!

Fique até o fim e domine sobre esses assuntos!

O que é carnê-leão?

Antes de falar sobre como funciona ou como preencher, é preciso saber o que é carnê-leão.

Por meio do carnê-leão, o imposto obrigatório sobre a renda das pessoas físicas é cobrado mensalmente.

No entanto, há uma regra que exige essa obrigatoriedade: o documento deve ser preenchido apenas por quem recebeu renda mensal superior a R$ 1.903,98 de outras pessoas.

Profissionais liberais e autônomos, pessoas que recebem valores por meio de aluguel de imóveis, no exterior ou manutenção devem preencher e pagar o Carnê-leão.

Este pagamento antecipado de imposto tem por finalidade controlar e tributar as operações de valores não tributados na fonte pagadora.

Portanto, a Receita Federal pode controlar a tributação da renda, quem assim não tiver fonte pagadora para fins tributários e, portanto, nenhum imposto de renda será retido na fonte.

Como funciona o carnê-leão?

Não há segredo. O contribuinte que receber mais de R$ 1.903,98 por mês de outras pessoas ou que tenha escolhido pelo recolhimento adiantado através deste documento, deve preencher o carnê-leão todo mês e, se tiver impostos devidos, efetuar o pagamento até o último dia útil do mês, no recebimento.

O carnê-leão é muito parecido com um livro caixa, porque quando você preenche o sistema de cobrança mensal, também tem que registrar todas as movimentações financeiras do mês.

Tratando-se de despesas com sua atividade, ao preencher carnê-leão, você deve incluir:

  • Despesas com aluguel;
  • IPTU;
  • Condomínio;
  • Água;
  • Luz; e
  • Internet local;
  • Despesas com funcionários de remuneração;
  • INSS;
  • FGTS;
  • Honorários; e
  • Material de escritório.

Por mais que em um mês sua renda não ultrapasse o valor exigido para a declaração, o mais certo é preencher o carnê-leão todo mês.

A única diferença é que nesses meses você apenas preenche sem ter que pagar impostos, pois não atingiu o valor mínimo para fazê-lo.

Como preencher o carnê-leão?

Agora que você já sabe o que é carnê-leão e como funciona, veja abaixo como preenchê-lo.

Desde o ano de 2021, o Carnê-leão é disponibilizado online no portal e-CAC e no site da Receita Federal.

Ao acessar o portal e-CAC, basta ir na aba de Meu Imposto de Renda > Declarações > Acessar Carnê-Leão.

Quando a tela do Carnê leão estiver aberta, você deve preencher o documento de acordo com os meses do ano.

É preciso informar todos os recibos recebidos individualmente em ordem cronológica: dia, mês e ano.

Inclua também as despesas do mês vigente para que você possa obter uma dedução no imposto de renda no futuro.

Feito isso, o próprio portal e-CAC emitirá automaticamente um Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF) com o valor ideal do imposto.

Espero que tenha aprendido o que é carnê-leão! Até o próximo conteúdo da empresa de contabilidade Grupo King.

Pronto para Crescer? Conte com a Gente!

Estamos anciosos em falar com você, entender sua necessidade e conseguirmos te ajudar a evoluir o seu negócio. Entre em contato conosco agora mesmo e ficaremos felizes em retornar o seu contato.

    Tabela de Conteúdo