Síndrome do Impostor no empreendedorismo

Síndrome do Impostor no empreendedorismo

A síndrome do impostor não é muito fácil de ser detectada, pois normalmente pode ser confundida com a autoestima muito baixa. Mas é importante investigar quando percebida com frequência, pois algo que merece ser tratado está acontecendo.

Quantas vezes você já se perguntou se é realmente capaz de fazer tal coisa, e pensa que não tem inteligência para resolver problemas, não consegue apresentar novas ideias, não tem desembaraço para buscar o novo? Assumir o papel de incapaz é autossabotagem.

De acordo com a pesquisa realizada pela Universidade Dominicana da Califórnia, 90% das pessoas tem pré-disposição a ter síndrome do impostor e 70% já se sentiu uma fraude em seu trabalho, isso acomete tanto as mulheres quanto os homens.

Na síndrome do impostor, a pessoa tem uma visão distorcida de si mesma, ainda mais em um mundo tão competitivo, onde se destacam os melhores. Mas sua atitude perfeccionista, muitas vezes irracional, o levam à ansiedade e a um medo angustiante. Para alguns, isso pode ocasionar  em uma estagnação na carreira, mas como fica para um empreendedor?

No empreendedorismo, isso pode ser até mais prejudicial. Começar um negócio ou mesmo permanecer com dúvidas sobre seu próprio potencial jamais o levará ao sucesso desejado. Seu trabalho, atividade, prestações de serviço não são piores e nem melhores que o dos outros, pois sempre existe um diferencial, cada pessoa tem suas próprias ideias e os esforços serão reconhecidos.

Analise o que o faz se sentir um impostor. Pare e pense, de onde surgiram essas crenças? A maioria vem de palavras ouvidas na infância ou de pessoas que colocam sua autoestima para baixo.

A partir desta leitura, acabe com este padrão comportamental e lembre-se que toda pessoa tem o seu valor, procure especialistas, pessoas com experiência que poderão ajudar na construção do seu negócio. Críticas sempre são bem-vindas para melhorar, então anote suas realizações, busque o autoconhecimento e aceite sua vulnerabilidade.

Acompanhe algumas características da síndrome do impostor:

  • Não vê motivos para se dedicar
  • Está sempre em busca de aprovação
  • Você procrastina em tudo que pode
  • Nunca conclui suas tarefas
  • Você se autossabota

“Eu já subi muitos degraus na minha vida profissional, e também já desabei,  e nestas quedas fui tomada pela síndrome do impostor, mas não hesitei em abandonar este padrão comportamental e adotar medidas positivas para seguir em frente”, comenta Renatta Alarcon.

Renatta Alarcon é publicitária, empresária, fundadora da Reawplay – streaming de conteúdo feminino, palestrante e colunista do SBT Videos.

Conheça mais o trabalho de Renatta através do seu Instagram!

@renattaalarcon

@realplay

Pronto para Crescer? Conte com a Gente!

Estamos anciosos em falar com você, entender sua necessidade e conseguirmos te ajudar a evoluir o seu negócio. Entre em contato conosco agora mesmo e ficaremos felizes em retornar o seu contato.

    Tabela de Conteúdo